Últimos Posts

Eu sou você
Você é ele
E ele é ele
E assim somos todos nós
Mas porque isso, por que todos somos um só?
Seja de alma, espírito e coração
Por que todos nós estamos ligados um ao outro?

Começou quando me chamaram de rei
Mas o que é ser rei afinal?
Será nascer num berço de ouro?
Nascer com a coroa sobre a cabeça?
Ter o sangue de uma realeza?

Eu fui rei sim, mas diferente dos demais, eu nasci rodeado de animais, numa manjedoura
Mas a questão é, de quem eu fui rei?
Dos animais? Não
Eu fui rei de vós e de todos
Vós foram a criação de minha semelhança,
eu estou em cada um de vocês
E é através de mim, que possuem a ligação entre alma, espírito e coração

 Mas essa ligação se torna visível quando nos damos as mãos, sentimos o calor das mãos um do outro, e finalmente dizemos, PAI NOSSO.....

Por: Murillo Vasconcelos.
A luz do conhecimento nos provoca a não abafar nosso desejo e sonho de uma educação que liberta. Nos convoca a brilhar mesmo nas situações difíceis, mesmo neste sistema de "linha de produção" como na maioria das escolas. Nos encoraja a pensar e fazer os outros pensarem.


Que sob a luz da sabedoria do Senhor possamos crescer, ter força para crescer e ajudar a crescer. Se por um lado somos só mais um tijolo na parede, pelo outro somos fortes, principalmente se estivermos juntos.
Uma roda de amigos, unidos pela mesma fé, com a vontade de estar presente e uma sinceridade sem julgamentos. Isso resumiria o belo dia que foi esse domingo, mas há uma coisa que cativou a todos também: Em meio aos tempos sombrios percebemos que o Senhor estará conosco se estivermos com ele, nos ajudará a se levantar, mas nós precisamos primeiramente decidir se levantar. 


E uma boa forma de pensar que Deus está conosco é quando conseguimos retirar algo de bom das situações ruins, ou quando algo não acontece da forma que queríamos e mesmo assim conseguimos perceber o lado positivo e nos manter firmes e otimistas.

Por: Gabriel Bilatto
Quando certa manhã abro meu intranquilo Facebook, percebo meu perfil metamorfoseado numa chatice monstruosa. Estava cheio de vídeos e postagens que ando compartilhando sobre o que vem ocorrendo no cenário político, quase todos sem curtidas, estava tão chato que se eu fizesse um daqueles testes que propõe descobrir minha idade, certamente indicaria a idade que o Temer impõe que eu me aposente.

- O que aconteceu comigo? – Pensei.

Com o tempo percebi o óbvio. Era chato por que não tinha no meu perfil, nas minhas recentes postagens, nenhum meme. Que perfil chato é o meu! Como meus amigos da rede vai entender meu discurso? Como vou desconstruir o que nos é imposto? Como vou politizar ou evangelizar alguém? Claro que essas perguntas não saíram da minha boca, ficaram ali mesmo no meu pensamento, e devo dizer que veio acompanhada de uma gargalhada, uma gargalhada também pensada. 

No dia 23/04 nós fomos convidados ao terceiro encontro do mês de Abril onde falamos sobre a vida e a morte de Cristo

O encontro começou ao lado de fora da igreja com a leitura de Mateus 28, 1-10, fomos levados para a salinha onde havia uma cruz, uma vela, e uma pedra, observamos aquele ambiente com o mesmo sentimento  das Marias ao chegar na sepultura de Jesus e encontrá-la vazia.
 No momento da oração inicial cada um de nós citou algo que queremos que ressuscite em nós e rezamos o pai nosso por todos esses sentimentos e desejos que foram citados.

"Quais são os sinais da ressurreição em nossa vida Cristã? " "Nós acreditamos nela?"

Com esses questionamentos nos reservamos em um local confortável para cada um, dentro da igreja e fizemos a leitura orante de Lucas 24,28-43


"Abriram-se lhes então os olhos, e o conheceram, e ele desapareceu lhes.E disseram um para o outro: Porventura não ardia em nós o nosso coração quando, pelo caminho, nos falava, e quando nos abria as Escrituras?"

Nos veio esse sentimento de esperança de uma forma intensificada, podemos ficar tranquilos pois Cristo ressuscitou, Ele vive e está conosco, sentimos o coração arder pois sabemos que ele vai voltar, e apesar de nossos medos nós sentimos segurança com isso.

Nossa partilha foi feita com grupos divididos, onde falamos sobre as sensações que tivemos enquanto fizemos o momento anterior:

"Eu senti como se estivesse falando com o próprio Jesus, como se ele estivesse me perguntando e eu respondendo aquelas perguntas"
(Luana – PJ STO. EXPEDITO)

E nada melhor do que viver toda essa esperança e alegria ouvindo "Porque Ele vive" na versão PJ e Raiz,onde finalizamos o encontro com toda a alegria e folia que esta música nos trás.




Por: Gabriela Feitosa.